ComponentesManutenção de Bike

Hierarquia SRAM para road bikes (atualizado 2024)

Entender mais sobre os grupos de marchas para o ciclismo de estrada é a base para fazer a melhor escolha de um. E nesse quesito, a hierarquia sram para road bikes é extensa e reserva modelos do básico ao mais avançado, cada qual com seus diferenciais. Você já conhece cada linha dessa marca que está conquistando a atenção dos ciclistas?

A SRAM é uma marca conhecida por ser perita em inovar em peças de bike, como suspensões, freios e demais tecnologias para bicicletas. No entanto, apesar do forte deles serem os grupos SRAM de marchas, disponíveis para as MTBs e as Road Bikes, eles conseguiram se firmar no mercado do ciclismo por meio da junção de inovação e economia. Nesta categoria, os modelos eletrônicos são os mais ousados e garantem alta performance para quem os escolhe.

Novidades 2024

Confira as principais alterações em todos nos grupos road bike da sram

Baseando-se no artigo fornecido e nas informações atualizadas, há diversas atualizações e novidades na hierarquia dos grupos SRAM para MTB (Mountain Bike) que podem ser consideradas para atualização do seu artigo:

  • Gama de Grupos SRAM Eagle: A linha Eagle da SRAM continua sendo a referência em grupos de transmissão para MTB, com opções desde o nível de entrada SX Eagle até o topo de gama XX1 Eagle, todos com 12 velocidades. As variantes eletrônicas AXS estão disponíveis nos modelos mais avançados como GX Eagle, X01 Eagle e XX1 Eagle, oferecendo mudanças de marchas sem fio​​.
  • Atualizações em Freios SRAM: Foram introduzidos novos freios como o Code Ultimate Stealth e Level Ultimate Stealth, ambos focando em melhor ergonomia e desempenho, além de atualizações nos sistemas de freio para melhor ajuste e manutenção​.
  • Derailleurs Re-projetados: Os derailleurs da linha Eagle foram significativamente re-projetados para maior robustez e melhor alinhamento com a cassete, prometendo menos ajustes e maior proteção contra impactos​​.
  • Novos Controles e Cassettes: Os controles Pod da SRAM foram atualizados para maior ergonomia, e as cassettes Eagle agora têm uma otimização nos degraus de marcha mais baixos para reduzir o salto entre as marchas inferiores, melhorando o desempenho em subidas e terrenos exigentes​.
  • Tecnologia e Inovação em Cranksets: Com ênfase na integração de medidores de potência e na construção leve, os cranksets da SRAM Eagle, especialmente na linha XX SL Eagle, representam o auge em termos de tecnologia e performance​​.

Estas atualizações mostram o foco contínuo da SRAM em inovação e melhoria em sua linha de produtos para MTB. Ao atualizar o artigo, seria valioso incluir essas novidades, destacando a evolução nos sistemas de transmissão, freios, controles e demais componentes para fornecer uma visão completa e atualizada da hierarquia SRAM para MTB.

Mas antes, o que seriam esses grupos de bike?

Mas antes, vamos começar pelo começo: o que seriam esses grupos de bike? Se você é novo no ciclismo ou não entende muito bem sobre isso, nós da Bike Registrada te ajudamos a compreender melhor esse lado da história.

Os grupos de bike é um conjunto de grupos de bicicleta que compreende todos os aspectos mecânicos deste meio de transporte, indo desde as peças responsáveis por gerar o impulsionamento para frente – que é conhecido pelo trem de força – até o freio, que é o ato responsável por parar a bicicleta.

Retirando o quadro, rodas e pontos de contato (selim, pedais e guidão), o grupo de bike é composto – de forma geral -, por: coroas e braços da manivela, movimento central, cassete, desviadores dianteiros e traseiros, alavancas de freio e alavancas de câmbio, correntes e freios a disco ou freios a aro, além das correntes.

E no mercado há alguns tipos de grupos de bike, como a SRAM, Campagnolo e Shimano, que, sem dúvidas, são as maiores e mais reconhecidas do mercado. No entanto, hoje, a Bike Registrada vai ter de falar um pouco mais sobre a história do primeiro grupo de bike e tudo o que ela disponibiliza no mercado, que é a SRAM.

Conheça a história da SRAM

Desde o início da sua história, a SRAM está envolvida em sistemas tecnológicos únicos na produção de componentes de e para bikes. Fundada em 1987, nos Estados Unidos, a empresa possui uma fábrica na cidade de Chicago, em Illinois. Seu nome SRAM significa Scott, Ray e Sam: o nome dos três fundadores originais da empresa.

Seu lugar no concorrido mercado do ciclismo foi conquistado devido ao desenvolvimento do “Grip Shift”, ou seja, o passador de marchas. Você sabia? Foi um grande sucesso na época, o que ajudou a consolidar a marca. Essa invenção que revolucionou o mercado de bike foi uma resposta inovadora para o alcance do tubo inferior, ainda quando os câmbios de fricção eram padrão.

Porém, em 1990, ela se viu envolvida em um grande problema ao ir na justiça contra a japonesa Shimano. Sua acusação era a de que a empresa asiática, sua rival de vendas, estava realizando práticas ilegais. Um resumo, de forma geral, a concorrente estaria oferecendo aos fabricantes de bicicleta uma propina.

No entanto, ao contrário do que muitos imaginam, a situação foi resolvida fora dos holofotes e da presença das autoridades. De qualquer modo, esse posicionamento ajudou a marca a assumir uma atitude firme contra o monopólio de componentes – política que segue invicta até os dias de hoje.

Esse posicionamento, a inovação e qualidade das peças foi crucial para que ela conseguisse se fortalecer como uma das principais indústrias de componentes no mundo. No entanto, esse lugar foi conquistado também por conta de um forte trabalho. Na SRAM, como falamos anteriormente, a alta qualidade está presente desde a escolha dos materiais, como também na seleção da mão de obra qualificada e também nas pesquisas de inovação – que são a base para qualquer tipo de produto produzido pela empresa.

Confira toda a hierarquia sram para road bikes – atualizado 2023

As bicicletas de estrada estão cada vez mais seguras, rápidas e mais capazes do que nunca. Por conta das novas tecnologias, os ciclistas que hoje optam em trabalhar com componentes da SRAM podem vivenciar o que há de melhor no mercado, tendo a segurança nunca vista com um desempenho incrível, graças aos componentes tecnológicos fornecidos pelo mercado.

Se você ama se atualizar sobre o que há de melhor no mercado de bikes, realizamos uma lista com tudo que SRAM pode proporcionar para você. Veja abaixo toda a hierarquia SRAM para Road Bikes:

APEX (2024)

A linha Apex é a de entrada da marca e chega inaugurando a hierarquia SRAM para Road bikes com muita qualidade, tecnologia e segurança.

Além disso, outros detalhes do SRAM Apex incluem o conjunto de freios ferradura em aço, e os trocadores de marchas integrados aos manetes de freio – que podem ser hidráulicos ou mecânicos. O padrão de trocas é DubleTap — feito com dois toques no manete.

A linha SRAM Apex foi atualizada para oferecer uma experiência moderna e intuitiva, com opções de transmissão eletrônica (AXS) e mecânica, ambas com 12 velocidades. A versão eletrônica, Apex AXS, suporta cassetes de até 44 dentes, enquanto a versão Apex 1 Eagle AXS pode acomodar cassetes de 50 a 52 dentes.

Além disso, a linha Apex agora tem uma opção de medidor de potência no braço do pedivela, prometendo mais de 400 horas de vida útil da bateria. Os pesos dos conjuntos variam de 2,882g para o Apex XPLR Mecânico a 3,267g para o Apex Eagle AXS.

Sem contar que o SRAM Apex possui um sistema WiFli. Calma, não é Wi-fi. Esse sistema é incrível, pois é mais amplo, mais rápido e mais leve… Tudo o que um ciclista iniciante deseja, não é mesmo?

APEX 1 (2024)

O Apex 1 é um grupo direcionado tanto para quem quer rodar nas estradas quanto nas trilhas. Isso faz dele ideal para quem quer uma gravel bike.

O Apex 1 evoluiu significativamente para 2024, mantendo sua essência como um grupo versátil para estrada e trilhas, perfeito para gravel bikes. A grande novidade é que agora o Apex 1 adotou o padrão 1×12 velocidades, proporcionando uma gama de marchas mais ampla e simplificada, ideal para a versatilidade que os usuários de gravel bikes necessitam.

Os novos grupos Apex incluem opções tanto eletrônicas quanto mecânicas, sendo que a versão eletrônica AXS se destaca por sua simplicidade e eficiência, adequada para uma ampla gama de tamanhos de mão, com o Apex XPLR AXS rear derailleur acomodando cassetes de até 44 dentes.

Para aqueles que visam terrenos mais desafiadores, como bikepacking ou passagens de montanha íngremes, o Apex X1 Eagle AXS derailleur é compatível com cassetes de 50 a 52 dentes, indicando um leque de opções mais abrangente para diferentes estilos de pilotagem​.

Para 2024, as atualizações no SRAM Apex 1 não são apenas funcionais, mas também estendem as possibilidades de uso para além do asfalto, abraçando a tendência crescente do gravel e aventuras mistas, demonstrando um compromisso da SRAM em atender às necessidades variadas dos ciclistas.

RIVAL

Na hierarquia SRAM para road bikes, o Rival se enquadra no melhor custo-benefício para quem busca boa performance nas estradas e já está no nível intermediário. E o motivo é muito simples: essa é a linha que já traz boas tecnologias da categoria, como o uso de peças em alumínio muito mais leves.

O conjunto é composto por pedivela, passadores de marchas, câmbios dianteiro e traseiro e freios ferradura ou a disco. Já o número de velocidades é perfeito para vários terrenos: 22.

RIVAL 1

O Rival 1 é a linha de quem quer montar uma bicicleta de estrada leve, com pretensões de se jogar em terrenos acidentados. Ou seja, é também o conjunto da hierarquia SRAM para road bikes, feita para o gravel.

Logo, o que você encontra nessa linha da SRAM são um pedivela de coroa única, freios a disco hidráulicos e bem potentes e cassete com 42 dentes para subidas íngremes. No total, são 11 marchas que oferecem combinações capazes de dar conta de diferentes terrenos, e proporcionar muita diversão.

RIVAL AXS

O Rival AXS é um dos mais avançados grupos de marchas na hierarquia SRAM para road bikes.

Sua construção é toda em alumínio e segue basicamente o mesmo design da versão Rival. Porém, a linha AXS designam os grupos eletrônicos e sem fio da SRAM, o que os torna ainda mais leves, rápidos e precisos nas trocas de marchas.

Outro diferencial da linha Rival AXS é que ela já tem 24 velocidades, um ganho e tanto para quem deseja treinar pesado e competir.

RIVAL ETAP AXS

Apresentado a tecnologia que os ciclistas mais desejam, o SRAM Rival eTap AXS possui diferenciais que surpreendem. Com deslocamento sem fio intuitivo, engrenagem inovadora, medição de energia integrada, conectividade AXS e freios a disco hidráulicos refinados. A engrenagem de 12 velocidades fornece um alcance mais amplo e saltos mais apertados para que o pedal esteja sempre na marcha certa.

Ele é um grupo de baixa complexidade e simplicidade ímpar, no entanto é rico em recursos. Conta com um sistema seguro e totalmente confiável. A lógica de mudança sem fio eTap é simples e intuitiva de montar: um botão para ir mais fácil, um para ir mais difícil. Pronto, não precisa de mais nada!

Lembrando que esse sem fio intuitivo é da SRAM, que consiste em falar que não existem fios entre os shifters e os mecanismos. Ou seja, não há cabos conectando os componentes. Com isso, há uma diminuição drástica nas confusões e simplificação dos layouts.

FORCE

O SRAM Force traz muita versatilidade para a linha de grupos para road bikes da marca. E a principal razão dessa vantagem são os modelos com 22 ou 11 velocidades. Assim o grupo atende diversos ciclistas de uma vez só.

Ponto alto desse grupo dentro da hierarquia SRAM para road bikes, é que ele tem muita resistência para ser usado ao extremo. E o que o torna um conjunto tão robusto para pedais agressivos são peças que misturam alumínio e fibra de carbono.

Por fim, o SRAM Force pode acompanhar tanto os freios ferradura em alumínio como as pinças de freios a disco. Os trocadores são no mesmo padrão nos dois casos, mudando apenas a ligação a cabo de aço e a óleo entre elas.

Possuem opções de chainring, como o maior combo de 50/37 dentes, além das opções 48/35 e 46/33, trazendo mais flexibilidade para diferentes estilos de ciclismo.

Para gravel, há uma opção específica de 43/30 dentes para o conjunto de pedivela Wide, adaptado para pneus mais largos e cassetes de ampla gama.

FORCE 1

Cria do sistema de transmissão 1x, o SRAM Force 1 nada mais é do que a evolução da inovação. Ficou confuso? Explicamos! Ele é mais leve, mais forte e mais simples – possui anéis de corrente não aeronáreos, que podem ser instalados com uma única ferramenta.

Além disso, é bem silencioso, requer baixa manutenção e é muito resistente. Quer um grupo para te acompanhar em absolutamente tudo? Versátil, ele encara qualquer tipo de aventura ou deslocamento. Vai do terreno plano até a estrada cheia de cascalho. Seu desempenho é muito sólido, por isso é sempre bem recomendado.

FORCE AXS

O SRAM Force AXS é um grupo eletrônico de ponta que oferece uma combinação impressionante de tecnologia e design. Com sua transmissão eletrônica sem fio (wireless), oferece uma experiência de troca de marchas rápida e intuitiva, graças à lógica de mudança eTap, que é simplificada e eficaz. Este sistema permite mudanças de marcha precisas com o toque de um botão, eliminando a necessidade de cabos e conduítes, o que reduz a manutenção e melhora a estética da bicicleta.

Um dos destaques do grupo Force AXS é a sua versatilidade, com opções de configuração tanto para 1x quanto para 2x, adaptando-se a uma ampla gama de disciplinas ciclísticas, desde estrada até gravel e ciclocross. A inclusão de coroas de montagem direta, mais leves e rígidas, melhora a eficiência da transmissão e a precisão das mudanças, enquanto o design refinado dos derailleurs e cassetes garante uma gestão suave e eficaz da corrente em todos os terrenos.

Além disso, o grupo Force AXS integra opções de medidores de potência, permitindo aos ciclistas monitorar e analisar seu desempenho com precisão. Este recurso, combinado com a capacidade de personalização e controle através do aplicativo SRAM AXS, proporciona uma experiência de ciclismo conectada e personalizada.

Em termos de design, o SRAM Force AXS apresenta uma estética moderna com acabamentos em “Unicorn Gray” e detalhes refinados que complementam a aparência de qualquer bicicleta de alto desempenho. A facilidade de instalação e ajuste, com ferramentas de configuração aprimoradas e guias visuais claros, torna a montagem e manutenção mais simples e acessível para mecânicos e usuários finais.

Em resumo, o SRAM Force AXS é uma escolha excelente para ciclistas que procuram um grupo eletrônico de alta performance, com funcionalidades avançadas, design moderno e a confiabilidade de uma marca líder em inovação no ciclismo​

FORCE ETAP AXS

Engrenagem moderna, gerenciamento avançado de corrente e fácil personalização são alguns dos principais diferenciais do SRAM Force eTap AXS, tornando-o uma opção de alta qualidade e acessível dentro da série.

Este grupo combina a eficiência da mudança eletrônica sem fio com a robustez dos freios hidráulicos a disco, integrando a tecnologia de ponta em um pacote eficiente que realça a personalização através do sistema AXS.

Projetado para funcionar tanto em configurações 1x quanto 2x, o desviador traseiro Force eTap AXS utiliza a tecnologia X-Range para expandir o alcance de marchas.

Com o uso do sistema de amortecimento fluido Orbit, ele assegura uma gestão excepcional da corrente, reforçando a performance e a confiabilidade em diversas condições de pedal.

RED

A linha Red da SRAM se preserva há muitos anos como o ápice em desenvolvimento de tecnologia da marca na hierarquia sram para road bikes.

Peças em fibra de carbono, titânio e alumínio dão o tom do grupo de estrada mais avançado da SRAM. Esse é um dos conjuntos mais leves do mercado, levando em consideração todas as peças: pedivela, freios, passadores, câmbios e outros.

Ao todo são 22 velocidades que o SRAM Red oferece, além de muita resistência e trocas extremamente precisas. Além de alta durabilidade também.

RED ETAP

O SRAM Red eTap é pioneiro como o primeiro grupo de transmissão eletrônico e sem fio do mundo, destacando-se por sua leveza e precisão.

Suas 22 velocidades, juntamente com componentes feitos de materiais avançados como fibra de carbono e titânio, garantem desempenho superior e durabilidade.

Este grupo combina inovação tecnológica com design ergonômico para otimizar a experiência de ciclismo em estrada, mantendo o compromisso com a excelência em engrenagens de alta performance.

RED AXS

A hierarquia SRAM para road bikes tem a sua joia rara: Red AXS. O jogo de componentes é levado ao seu máximo, numa versão que tem melhorias tanto na mecânica das peças quanto na eletrônica.

Assim, o SRAM Red AXS é a última palavra em tecnologia para road bikes, com 24 velocidades e funcionamento de alta performance.

Começar ou progredir no ciclismo de estrada pede peças que acompanhem o seu estágio de pedal. Assim, descobrir mais sobre os grupos da hierarquia SRAM para road bikes só vai te ajudar a decidir pelo melhor conjunto ao seu objetivo nas estradas.

RED ETAP AXS

O SRAM RED eTap AXS oferece um maior alcance e uma progressão mais próxima, para que o ciclista esteja sempre na marcha certa. Garante um passeio tranquilo, seguro e suave, seja qual for a estrada. Ele é um sistema que faz exatamente o que o ciclista quer e do jeito que ele quer. O domínio é total e, além do mais, ele ainda é sem fio. Bárbaro!

O desviador traseiro do modelo faz com que o coração do quadro esteja sempre conectado. Isso proporciona o gerenciamento avançado de corrente o mantém o pedal silencioso e seguro, independentemente do tipo de terreno. Já a mudança frontal do SRAM RED eTap AXS está bem mais responsivo e rápida.

Começar ou progredir no ciclismo de estrada pede peças que acompanhem o seu estágio de pedal. Assim, descobrir mais sobre os grupos da hierarquia SRAM para road bikes só vai te ajudar a decidir pelo melhor conjunto ao seu objetivo nas estradas.

SRAM XPLR AXS Groupset

HIERARQUIA SRAM PARA ROADS

Assim como os outros grupos da hierarquia sram para road bikes, o SRAM XPLR AXS Groupset possui tecnologia e inovação para facilitar a vida dos ciclistas. E ela foi pensada especialmente para aquelas pessoas que buscam aventura e transitar em ambientes que não foram muito percorridas. Mas, como assim?

As estradas de cascalhos são muito utilizadas por pilotos que buscam aventura, sem deixar de lado a segurança e o rendimento em cima da bike. Nestas situações, o melhor grupo é o o SRAM XPLR AXS Groupset, pois ele preenche a lacuna existente entre Moutain Bike (MTB) e o conjunto para grupos específicos na estrada.

Com um câmbio eletrônico e um cassete com engrenagens em até 12 velocidades, essa XPLR AXS Gruposet proporciona conforto e segurança por meio dos freios hidráulicos e uma gama de 10 a 44 dentes.

Sem dúvidas, um dos grandes diferenciais deste tipo de grupo é a peça central: o cassete. Ele proporciona ao ciclista, mesmo em estradas com cascalho, uma gama de marchas que proporciona pedaladas leves, mesmo nos terrenos irregulares e em subidas íngremes.

Com tecnologia e estudos em tornar a vida do ciclista mais fácil e tranquila, a SRAM consegue se diferenciar do mercado com qualidade e inovação. Para isso acontecer é preciso pensar fora da caixinha e ir além do que já está sendo feito por outros concorrentes. Lembre-se: cada objeto fabricado pela empresa tem o objetivo de tornar mais leve as pedaladas na estrada.

COMO FUNCIONA A GARANTIA NA SRAM? Atualizado 2024

A SRAM oferece uma garantia de dois anos em materiais e mão de obra em todos os produtos. Desde que o reclamante seja o proprietário original do produto. Todos os problemas de garantia SRAM e atendimento ao cliente devem ser tratados diretamente com a loja de bicicletas onde a compra foi efetuada.

HIERARQUIA SRAM PARA ROADS

Todo o processo que envolve defeitos é direcionado para a revendedora, que no Brasil é a empresa Proparts. Localizada em São Paulo, ela atua em todo território nacional. É considerada uma das maiores empresas de distribuição de produtos de esportes e lazer do país.

Para agilizar a avaliação, é importante levar o recibo do produto até o local original de compra. O revendedor fará uma avaliação básica. Se tudo estiver dentro do padrão da empresa, o produto será encaminhado para uma assistência de serviços técnicos.

Escolher produtos e componentes de boa qualidade só resultam na melhoria do desempenho e em uma maior segurança durante todo o percurso. Você sabia disso? Já conhecia esses componentes da marca norte-americana? Gostou de saber da grande novidade para 2024? Comente aqui abaixo o que achou deles e qual modelo você mais se interessou!

Para continuar antenado no mundo do ciclismo, continue acessando nosso site diariamente para saber das novidades.

Artigos relacionados
Manutenção de BikePasso a Passo

Mtb esporte: Dicas de manutenção com a sua bike para máximo desempenho

Mountain bike (MTB) é um esporte que combina emoção, desafio físico e interação com a…
Leia mais
ComponentesDicas

Explorando as pastilhas de freio para bicicletas aro 26: Guia completo para ciclistas

Neste guia completo, vamos mergulhar no universo das pastilhas de freio para bicicletas aro 26. …
Leia mais
Bicicleta ElétricaManutenção de Bike

Manutenção de e-bikes: Tudo o que você precisa saber

As bicicletas elétricas, ou e-bikes, estão cada vez mais populares devido à sua praticidade e…
Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *