Preparação e PráticaSaude e Bem-EstarTreinos

Andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo?

Ciclistas regulares entendem o poder que o ciclismo tem em transformar o corpo. Tanto do ponto de vista da velocidade quanto da força, o ciclismo constrói a estrutura muscular enquanto visa a resistência cardiovascular. Então a pergunta é: andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo?

A prática ciclística tonifica e trabalha muitos músculos do corpo. Embora os principais músculos visados sejam certamente os músculos da parte inferior do corpo, os músculos do braço, bem como o núcleo, também fazem um ótimo treino.

Esse tipo de atividade tem uma variedade de benefícios gerais para a saúde, como perda de gordura, melhora da função cardíaca e pulmonar, queima de calorias e direcionamento para a maioria dos principais grupos musculares do corpo.

O resultado geral do ciclismo regular é um corpo magro e em forma, com notável aumento de resistência e massa magra. Continue lendo o artigo e conheça muito mais. Confira!

Vamos saber: Andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo?

Aqui estão os grupos musculares que são direcionados, exercitados, usados e tonificados durante um treino de ciclismo:

  • Bezerro – sóleo e gastrocnêmio;
  • Coxa – Isquiotibiais e quadríceps;
  • Glúteos/nádegas – Glúteo máximo, médio e mínimo;
  • Braços – Bíceps e tríceps;
  • Ombros – Deltóides;
  • Pé – Flexores plantares e dorsiflexores.

A área mais óbvia de construção muscular durante os passeios de bicicleta é a parte inferior do corpo, mais especificamente as pernas.

Os ciclistas constroem os dois principais músculos localizados na panturrilha: sóleo e gastrocnêmio. O sóleo ajuda a levantar o calcanhar e o gastrocnêmio é a parte proeminente da panturrilha que permite que os cavaleiros andem.

Os músculos da coxa direcionados para os isquiotibiais e quadríceps. Os isquiotibiais dão ao joelho a capacidade de dobrar para que os pedais sejam bombeados.

Já os quadríceps são trabalhados mais intensamente durante o ciclismo e são essenciais para a construção permanecer forte na bicicleta. Por isso, a importância de saber que andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo.

Logo depois, a prática tem como objetivo os músculos glúteos, também popularente conhecidos como nádegas. Os três músculos do grupo glúteo incluem o glúteo máximo, o glúteo médio e o glúteo mínimo.

Juntos, esses três músculos compõem as nádegas, mas o glúteo máximo é o mais conhecido e proeminente. Esta área é essencial ao andar de bicicleta, pois os três músculos trabalham em uníssono com os quadris para girar as coxas durante qualquer movimento do corpo.

Assim, ao andar de bicicleta geralmente dá ao glúteo um tom único combinado com músculos muito fortes.

Andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo

Embora as pernas e os glúteos sejam certamente os músculos mais reconhecidos e perceptíveis durante um passeio de bicicleta, áreas adicionais também são direcionadas. A musculatura central, que inclui as costas e a barriga, também é trabalhada durante os passeios.

Os abdominais apertados permitem que o ciclista pedale mais forte e com mais eficiência, servindo também para aliviar a pressão dos músculos da parte inferior das costas.

Além disso, o ciclismo ajuda a melhorar as habilidades gerais de equilíbrio. Por exemplo, andar de bicicleta tem como alvo os eretores da coluna vertebral, bem como os flexores do quadril, elementos-chave no equilíbrio.

Finalmente, andar de bicicleta também fortalece a parte superior do corpo. Embora o sucesso nessa área do corpo seja menos comumente atribuído ao ciclismo.

Por isso, há algo a ser dito sobre o efeito que a prática de ciclismo pode ter nos braços (bíceps e tríceps) e nos ombros (deltóides).

Muitos ciclistas mudam de posição enquanto pedalam. Seja em pé, inclinado para a frente ou agachado em trilhas, o apoio da parte superior do corpo é necessário para sustentar esses movimentos.

Essas mudanças nos movimentos do corpo pressionam a parte superior do corpo e ajudam a tonificar e fortalecer a região ao saber que andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo.

Como é o corpo de quem pedala?

Esta é uma pergunta bem complexa, pois existem diversas modalidades de ciclismo, como MTB, BMX entre outras. Dessa forma, cada modalidade exigirá performances diferentes de cada competidor ou praticante refletindo na forma física.

Praticantes iniciantes podem ter corpos obesos, e com uma prática regular poderá afinar suas medidas até chegar ao seu objetivo. É indicado que se faça academia para modelar seu corpo ainda mais e ter mais potência no pedal.

Já as pessoas magras tendem a ganhar massa magra, principalmente nas pernas, assim que iniciam seus treinamentos.

Sendo que, quando o ciclista é novato, ele terá mais fome. Ao fazer uma boa dieta com proteínas, o ganho de massa muscular pode ser muito bom.

Geralmente, as pernas e glúteos são os destaques dos atletas de ciclismo. Elas ficam tonificadas e com muita resistência em comparação ao tempo de inatividade.

O que acontece com o corpo quando andamos de bicicleta?

Uma série de transformações acontece em nosso organismo quando praticamos ciclismo. Alguns são externos, ou seja, perda de peso e aumento da massa muscular das pernas, outros não podem ser vistos, mas nós os sentimos, por exemplo, dormimos melhor.

Dessa forma, pessoas que pedalam 30 minutos por dia de bicicleta têm maior expectativa de vida do que aquelas que não praticam atividade física.

A mudança mais importante é a melhoria da nossa saúde cardiovascular. Nosso coração fica mais forte e maior, e se torna mais eficiente durante o exercício e em repouso.

Dessa maneira, a frequência cardíaca mais baixa e pressão arterial mais baixa reduzem o risco de ataque cardíaco. O aumento da capacidade pulmonar nos faz respirar melhor.

Portanto, leva mais tempo para se cansar porque nossos músculos são bem oxigenados, pois o sangue transporta com eficiência mais oxigênio para os músculos e remove rapidamente o produto residual da combustão de energia.

Andar de bicicleta também reduz os níveis de cortisol, o que ajuda a adormecer mais facilmente. A vitamina D, produzida graças à exposição à luz solar durante o ciclismo, é essencial para o bom humor e o sono.

É mais fácil superar doenças ou infecções com um coração e pulmões saudáveis, um bom sono e uma boa saúde mental com a melhora de nossa imunidade.

Quanto tempo de bicicleta para engrossar as pernas?

As coxas dos ciclistas podem ser fortalecidas dentro e fora da bicicleta com alguns exercícios simples para andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo.

Nos exercícios de bicicleta:

  1. Low RPM “Grinding”– Entre na marcha grande e mantenha a cadência abaixo de 65 rpm por 3 séries de intervalos de 5 a 10 minutos.
  2. Escalada em pé – Encontre uma colina que leve de 5 a 10 minutos para chegar ao cume e suba da sela 2 ou 3 vezes.
  3. Exercícios de perna única – Realmente concentre-se no movimento ascendente, pois o flexor do quadril é provavelmente seu limitador. Faça 3 séries de 1 minuto por perna.

Com estes exercícios, você verá resultado entre 1 a 2 meses. Porém, se você apenas fizer o pedal normal poderá sentir a diferença a partir do 4º mês de exercícios.

Caso queira combinar atividades, Leg Press e Agachamento com peso vai agilizar o processo de engrossar suas pernas e para andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo.

Um adendo, os homens possuem sete vezes mais testosterona no organismo, isso faz com que as mulheres demorem um pouco mais para atingir um bom resultado.

Em suma, agora sabemos que andar de bicicleta trabalha qual parte do corpo de cada praticante. Não se esqueça de ter uma boa dieta para que seu corpo possa trabalhar sem causar danos à sua saúde, descanse bem e se hidrate.

Gostou do artigo? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber conteúdos periódicos.

Artigos relacionados
DicasManutenção de BikePasso a PassoPreparação e Prática

Bomba de encher pneu de bicicleta: Guia completo para escolher a bomba ideal

Escolher a bomba certa para sua bicicleta pode parecer um detalhe menor, mas na verdade, tem um…
Leia mais
Preparação e Prática

Treinamento de força para ciclistas: Um guia completo

O treinamento de força é uma prática essencial para ciclistas que desejam melhorar seu…
Leia mais
Preparação e PráticaSaude e Bem-Estar

Dor atrás do joelho ao pedalar: Causas e soluções

Pedalar ao ar livre, sentir o vento no rosto e a liberdade de explorar trilhas e estradas é uma das…
Leia mais

11 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *