NutriçãoSaude e Bem-Estar

Como escolher um repositor de sais minerais para ciclistas

Os sais minerais são uma fonte importante para a produção de energia no corpo. Durante uma pedalada é normal perder sais minerais por conta do esforço físico. Com isso, é muito importante manter uma boa alimentação e ingestão de líquidos, até mesmo durante o pedal. Para evitar possíveis câimbras e ter mais energia é comum usar algum repositor de sais minerais.

Porém, existem diversos tipos de repositor de sais minerais no mercado, em formatos diferentes. Há opções que podem ser encontradas como líquidos ou capsulas, e vai da preferência de cada ciclista. Cada tipo tem sua finalidade e concentração de sais, variando a forma que cada um é utilizado.

Desta forma, vamos entender o repositor de sais minerais e o que melhor se adapta a sua pedalada. Acompanhe adiante quais os tipos e como escolher um repositor de sais minerais para ciclistas.

O que é um repositor de sais minerais

Um repositor de sais minerais ajuda o organismo a equilibrar os nutrientes do corpo durante o exercício. Ele também ajuda a melhorar no desempenho durante uma pedalada, repondo a energia perdida. Com o exercício em andamento, perdem-se eletrólitos e sódio, que geram a sensação de cansaço o pode causar câimbras.

Por isso, existem opções hoje em dia que ajudam na reposição dos sais minerais. Não basta usar apenas água para repor estas perdas. É preciso que haja a reposição de nutrientes que não estão presentes apenas na água. Por isso, o repositor de sais minerais supre a necessidade do corpo.

Em qualquer formato, ele serve para repor alguns nutrientes gastos durante o esforço físico. Por isso, é fundamental em longas pedaladas repor o que foi gasto com um repositor de sais minerais. Então, durante o exercício, a ingestão do repositor será fundamental para manter o equilíbrio dos nutrientes e evitar desidratações.

Repositor de sais mineirais

Quais as categorias de repositor de sais minerais?

Para que ocorra a reposição dos sais minerais, não basta apenas comprar qualquer repositor. Há categorias diferentes classificadas de acordo com a concentração dos sais minerais.

Assim, cada tipo de repositor de sais minerais tem sua finalidade, e tomar sem conhecer pode não fazer efeito. Por isso, há essas categorias diferentes, para suprir cada situação que pode ocorrer em uma pedalada.

Em todo caso é preciso analisar as condições externas e o tipo e exercício que será feito. A intensidade é importante para definir qual repositor de sais minerais, pois a quantidade interfere no produto escolhido. Desta forma, o que o mercado oferece são hipertônicos, isotônicos e hipotônicos.

Nos hipertônicos a concentração dos sais minerais é maior do que os sais que temos no nosso corpo. Por isso, a digestão é mais lenta e aconselha-se que seu uso seja feito após um treino. Isso ocorre, pois a porcentagem de carboidratos é elevada nestas bebidas o que mantém os níveis de glicogênio nos músculos.

Já os isotônicos tem um efeito mais rápido. Esse repositor de sais minerais atua para equilibrar o que se perde no suor durante uma pedalada. Ele repõe os sais minerais gastos no suor com quantidade equilibrada de carboidratos. Os isotônicos são as bebidas mais comuns durante as práticas esportivas.

Por fim, há os hipotônicos, que são usados para reposição rápida de sais minerais perdidos também no suor. Com menos carboidratos, os hipotônicos tem baixa concentração de siais minerais. Por isso, são os mais indicados para exercícios mais intensos, devido a sua rápida absorção no organismo.

Cápsulas de sais minerais

Além da ingestão de sais minerais por meio de líquidos, há as cápsulas que ajudam na reposição. Elas são conhecidas como cápsulas de sal, e repõe a quantidade de sais perdidos no suor. As cápsulas tem o mesmo objetivo das bebidas que repõe os eletrólitos, prevenindo câimbras e diminuindo o cansaço.

Porém, apesar do nome, não se trata de tomar uma cápsula com sal de cozinha. Nelas há os eletrólitos como cálcio, magnésio, potássio, sódio e fosfato. Estes mesmo componentes são encontrados em qualquer repositor de sais minerais, em forma de bebida. Mas, nas cápsulas eles são mais concentrados do que nas bebidas.

Desta forma, as cápsulas agem rapidamente no organismo evitando uma possível desidratação. Elas devem se aliar ao consumo de água em uma pedalada. Só a água não impede o cenário de desidratação, pois não há eletrólitos nela. Assim, as cápsulas auxiliam na reposição do sódio quando há muita perda de eletrólitos.

Industrializados x caseiros

Hoje em dia é muito fácil encontrar um repositor de sais minerais no mercado. Os isotônicos são os mais comuns de se encontrar, em conveniências, mercados, padarias, etc. Porém os produtos estes produtos industrializados são muito convidativos por sua variedade de sabores. Eles não trazem malefícios à saúde, mas devem ser usados apenas durante e após práticas esportivas intensas.

Mas, não é difícil de preparar estas bebidas em casa. Produtos caseiros tendem a ser mais saudáveis, por não ter corantes e conservantes. Por isso, há diversas receitas para produzir seu repositor de sais minerais em casa e manter a hidratação nas pedaladas.

São receitas básicas com ingredientes comuns do dia a dia. É comum usar mel, sal café, suco da fruta de preferência, água de côco, bicarbonato de sódio, etc. Basta usar a combinação certa que cabe no de seus objetivos, e claro, ter o benefício certo.

Como escolher o melhor?

O melhor repositor de sais minerais depende do objetivo buscado. Então, como explicamos anteriormente, dependendo da intensidade da pedalada, há uma categoria que melhor se enquadra na sua necessidade. O hipotônico é recomendado para exercícios mais intensos, assim como as cápsulas de sal. Eles têm absorção mais rápida dos sais minerais prevenindo a desidratação.

Já o isotônico tem a absorção um pouco mais lenta que os anteriores, sendo o mais usado durante treinos longos. Por fim, os hipertônicos ajudam na absorção pós-treino, por conta do teor mais elevado de carboidratos. Ele funciona muito bem após uma longa pedalada, ajudando na oxigenação dos músculos.

Então, para escolher o melhor repositor de sais minerais é preciso conhecer seu organismo. Para ajudar nisso, uma consulta com algum nutricionista ajuda a compreender a quantidade de eletrólitos para repor nas pedaladas.

O profissional indicará qual categoria se enquadra melhor em seu treinamento e em provas. Caso tenha contratado o seguro Bike Registrada, oferecemos esta assistência que ajudará na melhor escolha de repositor de sais minerais.

Contrate agora mesmo o seguro Bike Registrada com a assistência nutricional para melhorar seu desempenho.

Artigos relacionados
Saude e Bem-Estar

Como o ciclismo pode transformar sua saúde mental

Num mundo cada vez mais acelerado, onde o estresse e a ansiedade se tornaram companheiros constantes…
Leia mais
DicasPreparação e PráticaSaude e Bem-Estar

Ciclismo e amizade: Como o esporte aproxima as relações e faz bem para o corpo e mente

Você já saiu para fazer um pedal só e, no meio do caminho encontrou algum ciclista? E, então…
Leia mais
Nutrição

Benefícios das proteínas vegetais para ciclistas

Incorporar fontes de proteínas vegetais na dieta pode ser extremamente benéfico para ciclistas…
Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *