CuriosidadeNotícias

Dicionário do ciclista: termos e gírias mais usados

O Brasil é um gigante em termos de dimensão, repleto de uma cultura riquíssima e um povo extremamente criativo. Isso significa que, ao viajar por suas diversas regiões, você notará mudanças não apenas na paisagem e nos dialetos, mas também nas expressões locais. Naturalmente, essa vasta diversidade se reflete diretamente na linguagem.

É esperado que a comunidade ciclística brasileira, com sua inventividade, crie seu próprio dialeto. Para os novatos, esse jargão pode parecer um tanto intrincado. E até para os aficionados por ciclismo que têm anos de pedal nas costas, algumas gírias podem ser um verdadeiro enigma.

Acrescente a isso o fato de muitos termos técnicos de ciclismo serem emprestados do inglês, e o quadro fica ainda mais complexo.

Pensando nisso, tomamos a iniciativa de compilar este guia do ciclista, destacando as gírias, expressões e termos mais frequentes, com o objetivo de dissipar essa neblina de dúvidas de uma vez por todas.

Gírias e termos

  • Afogado: quando o ciclista força muito a pedalada e fica sem fôlego, não conseguindo manter o ritmo.
  • Andar na roda: ficar atrás de outro ciclista ou grupo, próximo da roda, para aproveitar o vácuo e a menor resistência do ar.
  • Atacar: o ataque consiste em aumentar a velocidade repentinamente para superar um obstáculo ou se distanciar dos competidores.
  • Cadência: trata-se de uma pedalada mantendo um ritmo constante, como também o número de voltas de cada pedal nos ciclos de movimento.
  • Botar a cara no vento ou Puxar: sair do vácuo e pedalar à frente de um grupo enfrentando a resistência do ar para estabelecer o ritmo ou ajudar os ciclistas que estão atrás.
  • Caramanhola ou Squeeze: garrafinha de água específica para ciclistas que é carregada no quadro da bike.
  • Cavalo: ciclista que pedala num ritmo bastante forte ou cumprimento do pé (sola do pé) até a virilha, tamanho do cavalo.
  • Comprar Terreno: expressão usada quando um ciclista caiu da bicicleta.
  • Enrolar o cabo: pedalar na maior velocidade possível.
  • Entortar o pescoço: acontece quando o ciclista está tão exausto que começa a perder a postura na bicicleta.
  • Fuga: ação de acelerar para se distanciar do grupo com a finalidade de assegurar a vitória, ganhar tempo ou obter vantagem.
  • Garfo: peça que une a roda dianteira com o quadro da bicicleta, importante na direção e conforto.
  • Macaquinho: câmbio.
  • Morder o guidão: pedalar forte inclinando o corpo para frente, com o objetivo de ganhar mais velocidade e aerodinâmica.
  • Panela: buraco grande na estrada.
  • Pelotão: grupo grande de ciclistas pedalando juntos e se revezando para aproveitar a menor resistência do ar.
  • Selim: banco da bicicleta.
  • Sobrar: não conseguir aguentar o ritmo de outro ciclista ou grupo e ficar para atrás.
  • Suspa: suspensão da bike.

Dicionário do ciclista

Tecnicismos

  • Alavanca de câmbio: componentes para trocar as marchas da bike.
  • Aro: componente da roda da bicicleta que serve para encaixar os pneus e onde ficam os raios.
  • Balança traseira: peça e liga a roda traseira com o quadro.
  • Câmbio: é o mecanismo responsável pelo movimento da corrente sobre as engrenagens e coroas para trocar as marchas na bicicleta.
  • Cassete, K7 ou Catraca: sistema para ajudar na pedalada e que forma parte da transmissão, produz movimento rotativo em uma direção, mas não em outra e permite que a roda traseira gire mais rápido que os pedais.
  • Coroa: engrenagem do pedivela, que serve para trocar de marchas acomodando a corrente em diferentes posições.
  • Guidão: componente que sustenta parte do peso e pressão ao pedalar, nele fixam-se os trocadores de marchas, manetes de freios e outros acessórios, e é a direção da bike.
  • Manete: é um mecanismo localizado no guidão do lado das alavancas de câmbio e serve para o acionamento dos freios.
  • Manopla: componente localizado nas extremidades do guidão que servem de apoio às mãos do ciclista para maior conforto e aderência.
  • Pedivela: alavanca que suporta os pedais, coroas e engrenagens e transmite a força dos pedais para a corrente.
  • Quadro ou Movimento Central: é a estrutura principal da bicicleta onde encaixam quase todas as peças, como os câmbios, o guidão, dentre outros.
  • Transmissão: sistema composto por coroas, câmbios, corrente, cassete, pedivela e movimento central, responsável por transformar a força da pedalada do ciclista no movimento das rodas.
  • Tubo de direção, Tubo ou Espiga: peça do garfo dianteiro que une o garfo com o suporte do guidão.

Estrangeirismos

  • Back side walk over: manobra própria da modalidade bike trial que consiste em superar um obstáculo empinado.
  • Bar End ou Chifrinho: peça que se fixa no extremo do guidão e que serve para melhorar o desempenho e a comodidade do ciclista.
  • Bike Trial: modalidade que consiste em superar obstáculos, que podem ser naturais ou artificiais, no menor tempo possível e sem colocar os pés no chão.
  • BMX ou Bicicross: modalidade que consiste numa corrida com obstáculos num circuito fechado, e que atualmente é uma das mais populares.
  • Bob, Bunny Hop ou Bunny Up: manobra onde o ciclista levanta a roda dianteira e logo depois a traseira dando um salto.
  • Chain Stay: trata-se de um tubo na parte traseira do movimento central, que liga o eixo traseiro com o quadro.
  • Cross Country: uma das modalidades mais populares de esporte de bicicleta onde os ciclistas devem percorrer um número de voltas no menor tempo possível.
  • Downhill: modalidade de esporte em bicicleta onde os ciclistas descem um percurso no menor tempo possível.
  • Endurance: refere-se a um estilo de pedalada que enfatiza a resistência num ritmo determinado durante certo tempo, que, em geral costuma ser longo.
  • Full Suspension: bicicleta com suspensão dianteira e traseira.
  • Hard Trail: bicicleta sem suspensão traseira.
  • Single Track: seção muito estreita da trilha, onde apenas um ciclista pode passar por vez.
  • Sprint ou Tiro: aceleração repentina para ultrapassar um ciclista, geralmente nos momentos finais de um percurso.
  • V-Brake: freio mais comum de encontrar nas bicicletas atuais, similar ao cantilever, mas muito mais eficiente, movido a cabo e que funciona com base de alavancas, consistindo em duas barras paralelas onde se fixam as pastilhas de freio.

Outras expressões não tão comuns (de gírias a competições conhecidas no mundo ciclístico)

  •  Roletar: Ficar na roda de outro ciclista por um longo período sem dar relevo.
  • Pedalar no pelotão: Participar de um grupo de ciclistas.
  • Furar: Ter um pneu furado.
  • Pneu chiclete: Pneu estreito, com boa aderência.
  • Bike Fit: Ajuste fino da bicicleta para se adaptar ao corpo do ciclista.
  • Bonk: Esgotamento total de energia durante um longo passeio.
  • Drafting: Ficar atrás de outro ciclista para aproveitar a redução do arrasto do ar.
  • Estradão: Estrada de terra.
  • KOM/QOM: \”Rei/ Rainha da Montanha\” – título dado ao ciclista mais rápido em um segmento de subida no Strava.
  • Estradão: Estrada de terra.
  • Garrinchagem: Andar devagar sem colaborar com o grupo.
  • Lanterne Rouge: O último ciclista em uma corrida.
  • Rolling Resistance: Resistência ao rolamento dos pneus.
  • Snot Rocket: Limpar o nariz enquanto pedala.
  • Granny Gear: A marcha mais fácil.
  • Drop: Deixar outros ciclistas para trás em uma subida.
  • Bala: Ciclista muito rápido.
  • Cicloviagem: Viagem de bicicleta, geralmente de longa distância.
  • Ponteiro: Líder de um grupo de ciclistas.
  • Puxada: Ficar na frente e liderar o pelotão.
  • Ritmo forte: Andar em uma velocidade constante e desafiadora.
  • Road Rash: Feridas causadas por quedas na estrada.
  • Top Tube: Tubo superior do quadro da bicicleta.
  • Bikepacking: Acampar e viajar de bicicleta.
  • Freio V-Brake: Tipo específico de freio para bicicletas.
  • Bike Lane: Faixa exclusiva para bicicletas nas ruas.
  • Dérailleur: Mecanismo que muda as marchas da bicicleta.
  • Grupetto: Grupo de ciclistas que ficam juntos para ajudar uns aos outros.
  • Lanterna Strobe: Luz traseira piscante.
  • SAG Wagon: Veículo que segue uma corrida para fornecer suporte aos ciclistas.
  • Spin: Pedalar com uma cadência alta e leve pressão nos pedais.
  • Mão de Vaca: Ciclista que evita gastar energia, seja pedalando em alta rotação ou puxando o grupo.
  • Cabo de Vassoura: Ciclista que vai sempre no final do grupo.
  • Giro: Passeio ou treino de bicicleta.
  • Largada Lançada: Iniciar uma corrida a partir de um movimento em andamento.
  • Singlespeed: Bicicleta com apenas uma marcha.
  • Cicloativismo: Ativismo em prol dos direitos e segurança dos ciclistas.
  • Stoke: Excitação e paixão pelo ciclismo.
  • Clipless: Sistema de pedal e sapatilha que prende o ciclista à bicicleta.
  • Fritar as Pernas: Pedalar em um ritmo muito intenso.
  • Gel Bloc: Bloco de energia em formato de gel.
  • Gran Fondo: Evento de ciclismo de longa distância, geralmente não competitivo.
  • Monóculo: Óculos de ciclismo com apenas uma lente.
  • Parafuso Solto: Ciclista que vai muito rápido.
  • Piloto Automático: Pedalar sem pensar muito, em um ritmo constante.
  • Ciclomobilidade: Utilização da bicicleta como meio de transporte.
  • Zona de Turbulência: Área de alta turbulência de ar em trás de veículos.
  • Caloiro: Ciclista novato.
  • Domestique: Ciclista que trabalha para o líder da equipe.
  • Kit: Conjunto de roupa e equipamentos de ciclismo.
  • Lactato: Substância produzida durante exercícios intensos.
  • Strava Warrior: Pessoa obcecada em bater recordes no Strava.
  • Trilho: Caminho estreito na montanha para ciclistas.
  • Chain Suck: Quando a corrente gruda na coroa.
  • Bicicleta de Gravel: Bicicleta projetada para trilhas e estradas não pavimentadas.
  • Enduro: Modalidade de corrida de montanha.
  • Macho de Estrada: Ciclista que gosta de andar em alta velocidade na estrada.
  • Sprint Final: Aceleração no final de uma corrida.
  • XCO: Cross-country olímpico, modalidade de corrida de mountain bike.
  • Trilha Técnica: Trilha desafiadora com obstáculos.
  • DT Swiss: Marca famosa por produzir componentes de alta qualidade para bicicletas.
  • Estradão de Pedra: Estrada de terra com pedras soltas.
  • Flat Bar: Tipo de guidão reto, sem curvas.
  • Grupset: Conjunto de componentes de uma bicicleta (câmbio, coroa, cassete, etc).
  • King of the Mountain (KOM): O ciclista mais rápido em um segmento específico no Strava.
  • Lanterna Recarregável: Luz para bicicleta que pode ser recarregada.
  • Maillot Jaune: A camisa amarela, usada pelo líder do Tour de France.
  • Maratona de Estrada: Evento de longa distância no asfalto.
  • Mountain Bike (MTB): Bicicleta específica para trilhas e montanhas.
  • Niterider: Marca popular de luzes para bicicletas.
  • Pelotão de Fuga: Grupo que se destaca do pelotão principal.
  • Quebra-molas: Desníveis na estrada que reduzem a velocidade.
  • Selim Brooks: Marca conhecida por produzir selins de alta qualidade.
  • Sram Red: Grupo de componentes de alta performance para bicicletas.
  • Tour de France: A mais famosa corrida de ciclismo de estrada do mundo.
  • Travessia de Estrada: Evento que envolve percorrer longas distâncias em estradas.
  • U-lock: Tipo de cadeado em forma de U para segurança da bicicleta.
  • Wheelie: Manobra de levantar a roda dianteira da bicicleta.
  • Zona Neutra: Parte da corrida onde não é permitido ataques.
  • Aro 29: Tamanho de roda popular em mountain bikes.
  • Cannondale: Marca conhecida por suas bicicletas de alta qualidade.
  • Chicote: Grupo de ciclistas que estão se revezando na liderança.
  • Corrida Criterium (Crit): Corrida curta em circuito fechado.
  • Dentro do Tempo Limite: Concluir uma corrida dentro do tempo estipulado.
  • Down Tube: Tubo inferior do quadro da bicicleta.
  • Fat Bike: Bicicleta com pneus extremamente largos, ótima para terrenos arenosos ou nevados.
  • Hub: Cubo da roda, que contém o eixo.
  • Luva Meio Dedo: Luvas de ciclismo sem cobertura total dos dedos.
  • Pedalada Solidária: Passeio de bicicleta para arrecadar fundos para uma causa.
  • Ponteio: Liderar o grupo de ciclistas.
  • Prólogo: Etapa curta no início de uma corrida.
  • Quadro de Carbono: Quadro feito de fibra de carbono, conhecido por ser leve e resistente.
  • Rolo de Treino: Dispositivo para treinar indoor.
  • Shimano Dura-Ace: Grupo de componentes de alta qualidade.
  • Single Speed: Bicicleta com apenas uma marcha.
  • Stem: Peça que conecta o guidão ao garfo da bicicleta.
  • Suspensão Dianteira: Componente que absorve impactos na roda dianteira.
  • Time Trial (TT): Corrida contra o relógio.
  • Top Tube Bag: Bolsa que é presa ao tubo superior do quadro.
  • Tubeless: Sistema de pneus sem câmara de ar.
  • Volta de Recuperação: Passeio leve após um treino intenso.
  • Zipp: Marca famosa por produzir componentes aerodinâmicos.
  • Bala de Canhão: Ciclista muito rápido.
  • Cadência de Escalada: Frequência de pedalada ao subir uma montanha.
  • Cair na Descida: Cair enquanto descia uma colina.
  • Clipping In/Out: Encaixar/desencaixar os pés dos pedais.
  • Escadaria: Trecho de uma trilha com subidas e descidas frequentes.
  • Esticar o Grupetto: Aumentar o ritmo do grupo.
  • Furo Duplo: Ter dois pneus furados ao mesmo tempo.
  • Muro: Subida íngreme e curta.
  • N+1: A teoria de que o número ideal de bicicletas é sempre \”a que está faltando\”.
  • Parafuso de Estrada: Pedalar em alta velocidade na estrada.
  • Pedivela de 3 Coroas: Pedivela com três engrenagens na frente.
  • Rastro de Freio: Marcas no chão deixadas pelo freio.
  • Roubada: Situação desafiadora.
  • Sapatilha de Encaixe: Sapato que se encaixa nos pedais.
  • Subir na Roda: Acompanhar o ritmo de outro ciclista.
  • Touring: Passeio de longa distância com bagagem.
  • Vale: Trecho plano entre duas subidas.
  • Zona de Quebra-molas: Área com muitos desníveis.

Claro, é praticamente impossível colocar todos os termos e gírias do mundo das bicicletas em um post, mas aqui tentamos oferecer alguns dos principais. Assim, você começa a pedalar nesse fascinante esporte entendendo melhor a linguagem dos ciclistas.

Para saber mais sobre a linguagem dos fãs das bikes e outros assuntos, assine a nossa newsletter para não perder nenhum dos nossos posts!

Artigos relacionados
CompetiçõesCuriosidade

A história das camisas na volta a espanha: Significados e curiosidades

A Volta a Espanha, uma das três principais competições de ciclismo do mundo, ao lado do Tour de…
Leia mais
Curiosidade

Adesivos para bike vale a pena?

Quando se trata de personalizar e proteger a bicicleta, o adesivos para bike são uma escolha…
Leia mais
Curiosidade

Qual é a legislação brasileira sobre ciclovias urbanas?

As ciclovias urbanas são fundamentais para promover uma mobilidade mais sustentável nas cidades.
Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *