Segurança do Ciclista

12 Responsabilidades e deveres dos ciclistas

Quem anda de bicicleta tem o direito de exercer as suas atividades com segurança e liberdade, mas também possui o dever de respeitar certas regras de convivência. Conhecer a fundo as responsabilidades e deveres dos ciclistas é a melhor maneira de praticar atitudes cidadãs.

Além disso, comportamentos inadequados podem colocar em risco a vida não apenas de quem pedala, mas também de terceiros. Respeitar as leis do código de trânsito é direito e da mesma forma um dos deveres dos ciclistas.

Bicicleta e mobilidade urbana

Muita gente não sabe, mas pela legislação brasileira a bike é considerada um veículo de transporte, mesmo que não possua motor. Por este motivo, caso não exista no local ciclovias ou acostamentos, ela está liberada para ocupar as bordas das ruas, avenidas e estradas.

Neste sentido, em ordem decrescente ela possui preferência garantida acima de caminhões, ônibus, carros e motos. Ao mesmo tempo, ela deve respeitar o pedestre, que sempre terá a prioridade sobre qualquer meio de transporte.

Por meio da lei número 9.503/1997 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o regulamento do uso da bicicleta estabelece também a emissão de multas. Sim, as infrações podem acontecer caso o ciclista desrespeite algumas das leis básicas estipuladas pelas autoridades.

Conheça os 12 deveres dos ciclistas

Confira alguma das obrigações que cada ciclista brasileiro deve seguir ao pedalar pelas ruas do país, sejam elas vias urbanas ou rurais.

1 – Parece óbvio para alguns, mas ainda existem pessoas que fazem esse tipo de coisa: andar na contramão atrapalhando o tráfego, provocando distrações e ocasionando acidentes. O ciclista deve obedecer o sentido correto da via e só é possível tal prática caso a via possua alguma indicação, como alguma ação da equipe de engenharia de tráfego local.

2 – Se você não tem, já passou da hora de comprar os itens de segurança e equipamentos obrigatórios exigidos por lei. São eles:

– campainha;

– sinalização noturna traseira, dianteira, lateral e nos pedais

– espelho retrovisor no lado esquerdo instalado no guidão.

São itens baratos, que podem ser instalados rapidamente e que garantem uma pedalada mais tranquila por aí. Para bicicletas de competição, não é de uso habitual os itens de segurança e equipamentos obrigatórios exigidos por lei.

3 – Os pedestres já vivem amontoados nas calçadas e ainda correm o risco de ter que dividir também espaço com as bicicletas? Não está certo! As áreas de passeio são locais exclusivos para a movimentação de pedestres.

Utilize as ciclovias e, na ausência delas, as próprias vias, mas jamais as calçadas. Se não tiver outra maneira, desça da bicicleta e empurre ela com as mãos. A população agradece!

4 – Aliás, respeitar o direito de ir e vir dos pedestres é um dos principais deveres dos ciclistas. Ele sempre terá preferência acima de qualquer meio de transporte, inclusive da bicicleta.

5 – Crianças na bike? Somente com proteção e idade para garantir a sua própria segurança.

Responsabilidades e deveres dos ciclistas

6 – Tirando as bruxas de filmes e desenhos animados, as pessoas no geral não possuem bola de cristal. É importante sinalizar a sua conversão no trânsito. Avise com os braços quais são as manobras que você pretende fazer. Essa prática protege você, condutores e pedestres.

7 – Queimar a largada nunca é legal, nem mesmo no trânsito. É obrigatório parar no farol vermelho: a regra é clara e contempla a todos, sejam eles veículos ou mesmo pedestres.

8 – Bebida não combina com direção, principalmente quando o assunto é bike. A ingestão de álcool pode diminuir os reflexos e comprometer o equilíbrio. Preste atenção, todo ciclista deve conduzir sóbrio.

9 – O lugar de manobras radicais é em pistas apropriadas e não no trânsito. As bikes devem ser conduzidas apenas com as duas mãos no guidão, sendo permitido retirar somente quando for necessário indicar a condução. Malabarismos em apenas uma roda é proibido.

10 – Pedalar em mais pessoas é permitido, desde que o grupo permaneçam por todo o trajeto em fila.

11 – Sabe aquele ditado que fala que, quem não é visto, não é lembrado? É mais ou menos isso que acontece no trânsito entre o bike e os outros veículos. A questão da visibilidade é algo fundamental. Não apenas para enxergar os outros veículos na pista, mas também para ser visualizado.

Por isso, capriche no visual. Complemente também a roupa de pedalada e treino com coletes sinalizadores para serem usados em dias mais nublados ou durante a noite.

12 – E, finalmente, conduzir passageiros no guidão, não rola. Qualquer carona na bicicleta deve estar sentada na garupa ou em um assento especial. Fique ligado para não cometer uma infração.

Pedalando com segurança: atitudes que salvam vidas

Algumas atitudes não fazem parte da lista de deveres dos ciclistas, mas entram com certeza na pauta quando o assunto é responsabilidade. São elas:

  • Faça manutenção periodicamente: uma bike com a revisão em dia tem menos chances de provocar um acidente. Dê atenção especial para o sistema de freios, manutenção das correntes e calibragem dos pneus.
  • Nunca utilize o celular enquanto pedala: a atenção deve ser plena enquanto pedala.
  • Evite utilizar fones no ouvido: escutar o trânsito a sua volta faz parte de uma direção mais defensiva.
  • Utilize os acessórios que não são obrigatórios, mas recomendados por todos: capacete, óculos, luvas, bermuda de ciclista ou bretelle.
  • Esteja atento às grades e bueiros: um pequeno deslize no asfalto pode provocar um acidente.

Responsabilidade civil: cobertura securitária

Infelizmente, todos nós estamos passíveis de provocar acidentes, principalmente ao estar em movimento dentro de centros urbanos em grandes cidades. Sabendo disso, o seguro da Bike Registrada oferece uma cobertura extra de responsabilidade civil para danos causados a terceiros, como por exemplo, atropelamentos.

Além do mais, dentro do plano Bike Performance está também incluso uma cobertura exclusiva contra roubo e furto qualificado, acidente ou quebra, assistência 24 horas, transporte e reboque e, extensão para transporte internacional. Faça uma cotação online, é rápido e fácil.

Deveres dos ciclistas: bom senso é fundamental

Vale lembrar que mais do que regras e deveres do ciclista, o que precisa reinar é o bom senso. A sensatez nunca sai de moda e é sempre bem-vinda. Sabemos certas imprudências como andar sem capacete, passar farol vermelho ou mesmo andar em zigue-zague prejudica o trânsito e coloca vidas em riscos.

Se queremos uma população mais aberta ao ciclismo, precisamos mostrar boas atitudes e servir de exemplo. Uma sociedade mais humana depende de todos nós. Faça a sua parte!

Confira em detalhes todos os pontos em que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) legisla sobre bicicletas. Aqui no blog do Bike Registrada temos um artigo completo sobre o assunto. Acesse!

Artigos relacionados
DicasSegurança do Ciclista

Por que uma bicicleta revisada é importante para sua segurança?

Pedalar de forma segura é fundamental para você evitar acidentes durante o percurso, seja em…
Leia mais
Roubo de BikeSegurança do CiclistaSeguro Bike RegistradaSeguro de Bicicleta

Tudo o que você precisa saber sobre seguro de bike

De uns tempos para cá, um número cada vez maior de pessoas começou a descobrir o universo…
Leia mais
Segurança do CiclistaSeguro Bike RegistradaSeguro de Bicicleta

Seguro de bike: Indenização ou reposição? Qual é o melhor?

Para quem faz da bicicleta o seu próprio estilo de vida, um simples passeio é um verdadeiro…
Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *